Temer ganha fôlego, mas crise segue, dizem aliados

Líderes aliados afirmam que resultado do julgamento dá fôlego à Temer, mas não é o suficiente para tranquilizar o governo

Aliados ainda veem que Governo Temer está na
Líderes da base aliada avaliam que o resultado do julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a favor do presidente dá um fôlego, mas não traz tranquilidade ao governo. Governistas afirmam que Temer seguirá ameaçado por eventual denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve apresentar contra ele com base na delação da JBS.
“Não acaba com a crise. Temos que monitorar se houver instabilidade para o País com fatos relevantes”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli (SP). Segundo ele, além da absolvição pelo TSE, a legenda vai levar em conta os “14 milhões de desempregados” que o País tem hoje, ao decidir sobre o desembarque ou não do governo. A decisão será tomada durante reunião marcada para esta segunda-feira.
Para o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA), a absolvição de Temer pelo TSE é positiva para o governo, mas não encerra a crise política. “A cada dia podem surgir fatos novos. Estávamos na expectativa do TSE, agora da denúncia da PGR e continua a expectativa das delações, se o (doleiro Lúcio) Funaro vai delatar, se (o ex-assessor de Temer e suplente de deputado, Rodrigo) Loures, vai relatar”, afirmou Rocha.
Fonte: JC

Embrapa Semiárido corta despesas no andar de baixo enquanto o andar de cima nada de braçada com altas comissões

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária que compromete 85% da sua verba com custeio pessoal, segundo o ministro da agricultura Blairo Maggi, a unidade de Petrolina que recentemente demitiu 16 funcionários de uma terceirizada, em que ganhavam apenas um salário mínimo enquanto as chefias da unidade ganham até 10 mil de comissão, inviabilizando o pagamento dos servidores de menor poder aquisitivo.
A empresa informa que o contingenciamento diz respeito apenas às despesas fixas – que incluem vigilância, limpeza, energia, telefone e internet – e de gestão, como combustível, manutenção de veículos, café da manhã, entre outras, não contemplando, portanto, as despesas de pessoal.
Recentemente a empresa foi alvo de uma matéria no Globo Rural sendo criticada pelo ministro da agricultura pelo seu tímido desempenho na geração e novas tecnologias e inovação em prol do desenvolvimento do país
Se os gestores da empresa tivessem bom senso, entre as diversas medidas de redução de despesas adotadas pela Embrapa Semiárido, deveria ter priorizado as altas comissões das chefias que estão no andar de cima e não a demissão de funcionários que consome o mínimo do orçamento que ficam no andar de baixo, como os terceirizados da vigilância e limpeza.
O Sinpaf se colocou ao lado dos trabalhadores e espera uma sensibilidade da Embrapa para que se faça um remanejamento de rubricas e resolva o impasse acabando com privilégios e mantendo os empregos dos servidores.
Fonte: Blog do Banana.

Clima de São João no Vitória Auto Serviço em Afrânio PE

Recebemos o convite hoje, do gerente do Vitória Auto Serviço, o amigo “Chico”, que estava dando boas vindas a todos os clientes do estabelecimento recém inaugurado na cidade de Afrânio.
Um grande empreendimento do empresário Mateus Reis, que tem acreditado na região, sempre com grandes investimentos.
Hoje, tinha uma barraca montada dentro da empresa, com comidas tipicas e um super atendimento para todos que foram fazer suas compras ou mesmo visitar o atacado e varejo, que tem atraído muita gente.
A animação ficou por conta de Cidinho do Acordeon, que fez questão de tirar uma foto em pose para o nosso blog, varias pessoas, aproveitaram as delícias que foram servidas por lá.
Parabéns a todos que organizaram a festa, e que segundo o gerente Chico, a animação vai continuar durante esse mês junho.

Estudantes de Afrânio PE ganham mais um ônibus novo

A Prefeitura de Afrânio, entregou hoje, através da secretaria de Educação, mais uma conquista da gestão que está mudando a vida das pessoas.
Um novo ônibus escolar, adquirido em parceria com o Governo Federal, através do programa, Caminhos da Escola.
De acordo com secretária de educação do município, Socorro Ramos, isso significa uma grande conquista para que os alunos do município, que terão mais conforto e segurança.
É a alegria de um tempo novo, que chega para fortalecer a educação municipal em Afrânio, e as conquistas, continuam acontecendo na cidade.

Câmara de Petrolina realiza sessão solene em comemoração ao dia dos “Pastores e Pastoras”

Foi realizado nesta sexta (09), na câmara de vereadores de Petrolina mais uma sessão solene em comemoração ao dia dos pastores, o evento que foi criando através de um projeto de lei do vereador Ruy Wanderley (PSC) a cerca de 10 anos, foi retomada com força total nesta edição de 2017, na Casa Plínio Amorim, com a presença de 170 religiosos.
Para o vereador Osinaldo Souza, autor do requerimento da sessão solene, o evento representa um momento de agradecimento aos pastores de Petrolina e do mundo pelo trabalho social e religioso que fazem nas vidas das pessoas. “Esse evento trás autoestima no fortalecimento da fé em busca da salvação, por que a palavra de Deus tem o poder de transformar, é essa ferramenta que os pastores e pastoras usam para dirigir a vida de cada um de nós” Comentou.
O evento teve grandes sessões especiais ao longo de sua existência, umas mais significativas e outras menores. Mas o sucesso dessa edição foi em função da Casa Plínio Amorim e conta com 04 vereadores na bancada evangélica, o que facilitou a mobilização. Segundo os organizadores do evento a expectativa é que no próximo ano se faça uma sessão solene ainda maior e forte para homenagear esse homens e mulheres de Deus, que fazem muito pela sociedade petrolinense. O evento contou com a participação do Deputado federal, Pastor Eurico.
Fonte: Blog do Banana

Médicos de Petrolina mantêm paralisação de advertência marcada para a próxima terça

Está programa para a próxima terça-feira (13), a partir das 8h, a paralisação de advertência dos médicos da rede municipal de Petrolina. Os profissionais vão se concentrar na Praça do Bambuzinho, área central. A atividade faz parte da paralisação aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), com apoio do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) no último dia 16 de maio.
A paralisação foi aprovada por unanimidade depois da  categoria  rejeitar o prazo de 03 de julho para recebimento da contraproposta da Prefeitura Municipal.
Os médicos reivindicam melhores salários e condições de trabalho. Segundo a categoria, as Secretarias municipais de Saúde e Administração foram avisadas por meio de ofício da decisão dos profissionais. Durante o ato público, os médicos vão realizar nova assembleia, para definir os rumos do movimento. No último dia 22 do mês de maio, a assessoria da Secretaria de Saúde de Petrolina informou  que as negociações com a classe médica “estavam tranquilas”, mas parece que não houve avanço.
Fonte: Blog do Carlos Britto

Sábado foi demais em Cachoeira do Roberto

 

Sábado, Cachoeira do Roberto, município de Afrânio PE, vivenciou uma grande noite, em comemoração ao bicentenário da festa do divino.

Após a celebração da missão, aconteceu os shows com as bandas: Forrozão Tropykália (Ceará)  e Sem Radar (Petrolina). Uma noite de grande animação e muita gente com vontade se divertir.

Sem demorar para agradecer ao público pela presença em massa, o prefeito Dr. Rafael Cavalcanti, fez o uso da palavra e convidou a todos para a festança.

O forrozão Tropykália relembrou grandes sucessos e tocou um repertório novo e eclético, foi um grande show. A última atração da noite já está conhecida na região, Sem Radar, fez todos os presentes também cair na dança.

Hoje(4), todos os caminhos levam a cachoeira do Roberto para o encerramento dos festejos da Festa do Divino, que a duzentos anos mantém essa tradição.

Ministério da Saúde reforça estoque de vacina contra a gripe em PE e AL

 

Para reforçar a assistência prestada à população de 57 municípios afetados pelas enchentes em Pernambuco e Alagoas, o Ministério da Saúde enviou 13 toneladas de medicamentos e insumos, que chegaram nesta semana nos estados.  Ao todo foram enviados 51 kits, que serão distribuídos entre as cidades que sofreram com as fortes chuvas, beneficiando cerca de 76,5 mil pessoas moradoras nos municípios atingidos.Cada kit pesa cerca de 250 quilos e tem capacidade para atender até 1.500 pessoas ao mês. São 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos, incluindo antibióticos, anti-inflamatórios, ataduras, entre outros.O Ministério da Saúde também enviou, como procedimento de rotina, 375 mil frascos de hipoclorito – utilizado como suporte no tratamento de água para o estado de Pernambuco. Caso seja solicitada uma cota extra, poderão ser encaminhadas novas quantidades como parte do estoque estratégico do composto químico mantido pela pasta.Nesta semana, está previsto o envio de 100 mil doses de vacina dT, 100 frascos de soro antiofídico, 200 frascos de soro crotálico. Um laboratório móvel da Funasa também está apoiando o estado na análise da qualidade da água para consumo humano, garantindo assim que a água distribuída a população seja segura.

Força SUS

Além do envio de medicamentos e insumos estratégicos, a pasta enviou representantes da Força Nacional do SUS para apoiar na avaliação dos danos em saúde e outras medidas de vigilância. A Força foi criada em novembro de 2011, para agir no atendimento às vítimas de desastres naturais, calamidades públicas, situações de risco epidemiológico e desassistência, quando for superada a capacidade de resposta do estado ou município.

Desde a sua criação, a Força participou de 28 missões de apoio em caso de desastres naturais, na gestão de grandes eventos e desassistência provocada por tragédias.

O Ministério da Saúde possui, ainda, laboratórios móveis para análise da qualidade da água, telefones satelitais, equipamentos e nove unidades móveis de Posto de Atendimento Avançado (PAA), em caso de necessidade. Possui também estoque adicional de ampolas de soro para uso em acidentes com animais peçonhentos e kits de diagnóstico para leptospirose.

Para que a Força Nacional do SUS seja acionada, o município ou o estado deve decretar situação de emergência, calamidade ou desassistência, solicitando o apoio do Ministério da Saúde. Com isso, é deslocada uma equipe para a chamada missão exploratória, quando profissionais vão até o local para fazer um diagnóstico da rede de saúde e verificar a necessidade de apoio em relação a equipamentos, insumos e profissionais de saúde.

 

Bancários de Juazeiro discutem com outras categorias estratégias para barrar reformas do Governo Temer

 

Trabalhadores classistas de diversos segmentos, a exemplo dos bancários, se reuniram em Juazeiro (BA), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) do município, com o objetivo discutir o cenário político atual do país e pontuar estratégias contra as reformas da Previdência e trabalhista, além da terceirização – todas  propostas do Governo Temer.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Juazeiro, Maribaldes da Purificação, o momento é de união entre as categorias na defesa do direito trabalhista.

Estamos vivenciando no país momento de forte ataque aos nossos direitos. Só resta aos trabalhadores a ampla mobilização para continuar nas ruas na defesa do povo, da democracia e dos direitos. Vamos continuar dizendo ‘não’ à terceirização e às reformas trabalhistas e previdenciária. Precisamos lutar por nossos direitos”, apontou.

Fonte: Blog do Carlos Brito

Reunião da pediatria do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina discute “Crises Epiléticas nas Emergências”

Mais uma reunião da pediatria do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina foi realizada, reunindo toda a equipe de saúde para discutir sobre o tema “Crises Epiléticas nas Emergências”. É a segunda vez este ano que uma doença neurológica é levada ao debate. Em um primeiro momento foi discutido o autismo.

“As reuniões da pediatria fazem parte da nossa rotina e sempre buscamos trazer assuntos interessantes para os encontros, com foco sempre no nosso perfil de urgência e emergência. É comum as crianças chegarem em crise ao hospital e o profissional de saúde precisa estar preparado para prestar o atendimento necessário”, ressalta a diretora de Ensino e Pesquisa, Angélica Guimarães.

De acordo com o neurologista Jadson Fraga Júnior, esses debates realizados com a equipe de saúde proporcionam um nivelamento dos conhecimentos e auxiliam no estabelecimento de protocolos clínicos. “Dessa forma conseguimos fazer com que todos os profissionais ligados ao setor tenham um conhecimento mínimo sobre a doença neurológica em questão e saibam o que fazer diante de um paciente em crise, otimizando o atendimento e minimizando os efeitos do prognóstico”, pontua o especialista.

Sobre a doença

“Manter a população bem informada também é importante”, considera Jadson. Por isso, o especialista ressaltou algumas informações importantes e de utilidade pública ao final da reunião. Entre as principais questões, o especialista destacou a normalidade do evento, a necessidade da quebra de alguns estigmas e os tipos de apresentação da doença.

“Crises epiléticas ou convulsivas, em geral, representam uma situação dramática para os pais, principalmente quando a criança apresenta pela primeira vez. Mas, não há com que se preocupar. Cerca de 18% da população do mundo, vai ter pelo menos uma crise ao longo da vida e, na maior parte das vezes, quem teve uma crise não terá a segunda”, informa.

Jadson explica que as crises epiléticas podem ser sintomáticas ou agudas: “Existe a crise epilética sintomática, ou secundária, que ocorre quando há alguma alteração importante no organismo, como uma queda brusca de glicemia ou sódio. E, nesse caso, assim que o problema é corrigido o indivíduo não apresenta mais a crise. Já o paciente epilético terá crises recorrentes, que podem ser motoras, sensitivas ou límbicas. O diagnóstico deve ser feito pelo neurologista e, na maioria dos casos, a doença é bem controlada com medicamentos. Raramente ela evolui com outras complicações”, esclareceu.

“É importante a gente deixar claro que a epilepsia deve ser tratada sempre. Então, os pais devem procurar o sistema de saúde para maiores orientações. Além disso, vale a pena ressaltar que o paciente epilético não sofre de problemas psiquiátricos, nem de alterações comportamentais, podendo ter uma vida absolutamente normal”, acrescentou.

Para finalizar, o especialista explicou a diferença entre uma crise epilética comum e uma convulsão provocada por hipertermia. “A convulsão é um dos sintomas da epilepsia, mas o seu diagnóstico é muito mais abrangente. Já a crise convulsiva febril benigna da infância é bem pontual e acomete crianças de 1 mês a 5 anos. Ela acontece pela subida rápida da temperatura e não pela febre muito alta, como a maioria pensa. A partir dos 37.8 de febre a criança já pode apresentar convulsão, desde que essa temperatura suba rapidamente. Na dúvida, procure sempre o serviço de saúde”, orienta.

Ascom