Daily Archives: 6 de julho de 2017

Polícia Civil deflagra a Operação Divisa

Bel. José Renivaldo Silva/ Foto: Carlos Bahia

Desde as 06 h da manhã do dia de ontem, dia 05/07/2017, equipe de Policiais Civis com lotações nas Delegacias de Afrânio e Dormentes, coordenados pelo Bel. José Renivaldo da Silva realizaram prisões e conduções de nacionais que participaram efetivamente do roubo majorado (crime com aumento de pena) que ocorreu no dia 19/04/2017 na Rod. Estadual PE 635, próximo ao município de Dormentes, local em que dois elementos com arma de grosso calibre subtraíram mediante violência e grave ameaça o veículo SIENA de propriedade de uma professora e ainda privaram a liberdade daquela “seqüestro”, levando – a como refém, sendo necessário aquela em um descuido dos elementos ter aberto a porta do veículo e pulado deste veículo em movimento.

Que o crime ocorrido naquela data gerou uma grande repercussão, pois nada igual aquele crime teria ocorrido na região.

A equipe de Investigação das Delegacias de Afrânio e Dormentes passaram a realizar um trabalho exaustivo investigativo de três meses de intenso esforço até conseguir a completa elucidação do crime, chegando a apontar o planejamento dos elementos, os autores e participantes do crime e o modus operandi.

Naquela data (19/04) os elementos após ter roubado o veículo da professora estavam com o objetivo de realizar vários roubos na região, sendo que iriam inicialmente dirigir ao comércio local e estabelecimentos que giravam muito valor em dinheiro em Dormentes e logo após iriam atuar no comercio local de Afrânio, que após a conduta da professora de ter pulado do veículo, os elementos seguiram para a Barra das Melancias, Afrânio PE, local em que praticaram crime de roubo  num comércio e trocaram tiro com um segurança, logo em seguida abandonaram o veículo, devido um intenso trabalho da polícia em captura – los, sendo o veículo Siena localizado no final da tarde do dia 19/04/2017.

Que na manhã de hoje, da data de ontem, dia 05/07, por volta das 08 h, foram realizadas as primeiras prisões, tendo como alvo dois irmãos FERNANDO DE SÁ SANTOS e FLÁVIO DE SÁ SANTOS, sendo o primeiro um dos  autores operacional do crime, sendo um dos elementos que abordou a vítima (professora) com uma espingarda cal. 16 dois canos e o seu irmão foi o primeiro receptador do celular marca Samsung J 7 roubado da professora.

     

Fernando de Sá Santos 

                                               

                                                                         Flávio de Sá Santos

                                                                            

O elemento FERNANDO DE SÁ SANTOS no ano de 2013 foi preso em Delmiro Golveia- AL por pratica de crime de trafico de drogas e o mesmo estava em liberdade provisória usando tornozeleira eletrônica e no intuito de burlar a vigilância  do sistema prisional e justiça de Alagoas, rompeu o equipamento, para assim se deslocar sem o devido monitoramento.

Por volta das 10 h, foi localizada uma das armas de fogo (espingarda cal. 16) utilizada no roubo do dia 19/04/2017, esta se encontrava com a cunhada de FERNANDO de nome ANTONIA TATIANE DA SILVA LUNAS ALVES, enquanto que a outra arma de fogo (rifle 44)  encontra-se  na posse de FAGNER, este se encontra foragido e foi o outro autor operacional do crime, foi o parceiro de FERNANDO que abordou a vitima (professora).

                 Antônia Tatiane da Silva Lunas Alves

                                                                                                                                      

Fagner

                                                                                           

Próximo ao meio – dia, foi localizado o aparelho celular Samsung J 7 que estava com o terceiro comprador, os três serão indiciados por crime de Receptação e o aparelho de som do veículo da professora estava com JOSÉ SERAFIM DA SILVA, sendo este o responsável na organização criminosa para fazer o levantamento da região e apoio logístico,  fazendo “O CAVALO”, ou seja, realizando o transporte dos elementos até o local em que ocorreu a abordagem e de pegar – los logo após a empreitada delitiva.   

    

   Jose Serafim da Silva

                                                                                                                                              

Veículo de propriedade JOSÉ SERAFIM DA SILVA. Utilizado no transporte dos elementos para realização de empreitada delitiva e de armas de fogo.

Durante o horário noturno foi conduzido a Delegacia de Afrânio a pessoa de PEDRO RODRIGUES  que participou do crime, sendo que este era responsável por acomodar em sua propriedade rural os autores operacionais (FERNANDO e FAGNER), inclusive sendo o local que ficou guardada as armas de fogo utilizadas no crime. 

                                                                       Pedro Rodrigues

                                                                                

O último participante do crime de roubo de nome DENES CARLOS DE SOUSA, alcunha “CHICOTE”, compareceu a Delegacia de Afrânio na manhã de hoje, dia 06/07, este de igual forma teve participação efetiva no crime, sendo o segundo responsável de guardar as armas de fogo utilizadas no crime do dia 19/04/2017 e de ter repassado a espingarda cal. 16 para a pessoa de ANTONIA TATIANE DA SILVA LUNAS ALVES, cunhada do FERNANDO.

                                                           Chicote

                                                                           

A operação deflagrada na data de ontem (05/04) trouxe muitos elementos probatórios para o Inquérito Policial que estava tramitando no máximo de sigilo e inclusive já se encontra em fase conclusiva com indicativo de indiciamento para todos os participantes do crime de roubo majorado ocorrido no dia 19/04/2017.

Todas as informações da Operação foi repassada pela a Equipe de Policiais Civis da 216 e 217 Circunscrições de Polícia Civil.

Governo anuncia 100 mil vagas a juro zero para Fies em 2018

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (6) a abertura, para 2018, de 310 mil vagas em três modalidades do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Novo Fies). Dessas vagas, 100 mil serão ofertadas a juro zero para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, incidindo somente correção monetária. Outras 75 mil novas vagas foram anunciadas para o segundo semestre deste ano.
O Novo Fies passará a vigorar a partir de 2018. Na modalidade Fies 1, com oferta de 100 mil vagas por ano a juro zero, o estudante pagará uma parcela máxima de 10% de sua renda mensal. Outros pontos de corte serão a pontuação mínima de 450 pontos e nota na redação acima de zero no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou, também, que as universidades serão responsáveis por bancar os custos com as taxas bancárias para os empréstimos. Com isso, a economia para a União será de R$ 300 milhões, segundo o governo. Um fundo garantidor será criado para que as instituições de ensino contribuam para mitigar os riscos das operações.
“Agora as instituições de ensino superior privadas serão sócias também da inadimplência, elas terão que zelar por cada real emprestado, e se por acaso a inadimplência aumentar, elas terão que aportar mais recursos no fundo garantidor”, disse o ministro durante o anúncio do Novo Fies, no Palácio do Planalto. “Tem que ser sócio no filé e também tem que ser sócio no osso.”
Fonte: JC Online